Medicina Quântica

A Medicina Quântica é o resultado da união dos vários saberes da medicina com a crescente sofisticação da tecnologia. Seguindo a base teórica da Física Quântica, que afirma que todos os componentes do universo são compostos por energia e que essa energia assume diferentes vibrações, a Medicina Quântica consegue reunir informações acerca do estado de saúde de cada paciente, bem como estimular o organismo para se reequilibrar.

Como funciona a Medicina Quântica?

A Medicina Quântica utiliza um aparelho avançado de biofeedback, para avaliar as vibrações emitidas pelas células e por todos os outros elementos constituintes do corpo humano. Quando na presença de uma doença ou alteração ao funcionamento do organismo, este aparelho capta alterações à normal vibração das estruturas em questão.
A análise do corpo de cada paciente acontece de forma muito simples e totalmente indolor, através da aplicação de um ou mais condutores. Estes condutores vão recolher as frequências eletromagnéticas emitidas pelos diferentes elementos constituintes do organismo humano:
- células de todos os órgãos e tecidos;
- vitaminas;
- minerais;
- microrganismos patogénicos.
A informação recolhidas pelas bandas é depois comparada com uma base de dados, na qual constam os valores considerados normais para cada estrutura específica. Esta comparação permite identificar, com clareza, quaisquer discrepâncias que se verifiquem.




Vantagens

A informação detalhada é uma das maiores vantagens associadas à utilização da Medicina Quântica. Com a informação recolhida é possível:
- Identificar as causas dos desequilíbrios verificados;
- Identificar fatores prejudiciais do estilo de vida;
- Corrigir de forma imediata as frequências desequilibradas registadas. Outra das grandes vantagens associadas à utilização da Medicina Quântica prende-se com o facto de esta poder ser utilizada por pessoas de todas as idades, incluindo crianças que não possuem capacidade para se expressarem verbalmente.

Áreas de intervenção da Medicina Quântica

A utilização da Medicina Quântica permite identificar vários fatores fundamentais à saúde e ao bem-estar de cada um de nós. Entre os muitos fatores identificáveis, destacam-se:
- Estado dos órgãos e sistemas do corpo;
- Possíveis carências nutricionais;
- Nível de pH do sangue;
- Níveis de stresse;
- Níveis de toxicidade no organismo;
- Presença de microrganismos patogénicos (bactérias, vírus, fungos);
- Desequilíbrios emocionais;
- Intolerâncias alimentares;
- Níveis de neurotransmissores.
A Medicina Quântica pode ser complementar à Medicina Convencional, mas também a outras áreas da Medicina Complementar, tais como Osteopatia, Naturopatia, Medicina Tradicional Chinesa, Homeopatia e até mesmo diferentes técnicas de massagem . A sua utilização complementar visa aumentar os benefícios proporcionados por cada um dos diferentes tipos de terapêuticas.